Sem categoria

Jornalismo

Jornalismo

Em outras profissões, assuntos que ligam os entusiastas podem ser relacionados com inovação, crédito, poupança, átomos, Lacan ou cirurgias. Profissionais que se reúnem casualmente em uma mesa de bar e, inevitavelmente, se reconhecem pelo tema [obsessivamente] em comum.

Jornalistas não têm temas obsessivamente em comum. Discutem assuntos mundanos e vão dos átomos a Lacan e terminam discutindo esquerdas e direitas, em um mundo que elas nem existem mais. Nós não nos engajamos pelo diploma, pelo colega ameaçado, pelas condições de trabalho medíocres ou por um piso mais alto.

Se existe uma coisa que me encanta entre os jornalistas é a paixão pela palavra. A palavra não move mesas de bar. Mas a verdade é que, de todos os assuntos mundanos, um momento bonito que sempre me marca é o empenho e a vontade de jornalistas quando alguém, na correria da redação, solta: “alguém me dá um sinônimo para essa palavra?”.

***

Redação: existe nome mais bonito para um ambiente de trabalho?

Leave your comment

Related